Blog Esportivo do Suiço

Blog Esportivo do Suiço

domingo, 17 de dezembro de 2017

Com backflip, Gabriel Medina vence Josh Kerr no finzinho e avança ao quarto round

Após iniciar o domingo derrotando Dusty Payne com autoridade e um show de tubos na repescagem (2ª fase), o brasileiro Gabriel Medina subiu mais um degrau em sua busca pelo bicampeonato mundial. Ele desbancou Josh Kerr, da Austrália, no round 3 e garantiu sua classificação para a próxima fase. Mas não foi sem emoção. Depois de uma bateria dura com o australiano no controle a maior parte do tempo, o paulista de Maresias conseguiu a virada bem no finzinho com um backflip. A manobra não teve a descida perfeita, mas valeu a nota que ele precisava para se garantir no quarto round.

Principal rival de Gabriel Medina na luta pelo título da temporada, o havaiano John John Florence conseguiu desbancar Ethan Ewing na água, mas foi de forma polêmica. A disputa, que no início estava sendo dominada pelo havaiano, ficou emocionante no finzinho. O australiano recebeu duas notas que pareceram baixas por duas boas ondas e não conseguiu, por muito pouco, ultrapassar o adversário. Dessa forma, John John se garantiu no quarto round com somatório de 10.87 contra 10.80 do rival. 

Baterias do terceiro round:
1: Julian Wilson (AUS) 15.26 x Ezekiel Lau (HAW) 8.34
2: Conner Coffin (EUA) 14.03 x Mick Fanning (AUS) 12.60
3: Ian Gouveia (BRA) 8.60 x Matt Wilkinson (AUS) 6.83
4: Joel Parkinson (AUS) 8.50 x Miguel Pupo (BRA) 5.47
5: Caio Ibelli (BRA) 10.13 x Michel Bourez (PYF) 6.57
6: John John Florence (HAW) 10.87 x Ethan Ewing (AUS) 10.80
7: Adrian Buchan (AUS) 2.26 x Jeremy Flores (FRA) 6.60
8: Gabriel Medina (BRA) 10.00 x Josh Kerr (AUS) 9.83
9: Kolohe Andino (EUA) 4.17 x Italo Ferreira (BRA) 10.26
10: Adriano de Souza (BRA) 6.13 x Leonardo Fioravanti (ITA) 15.87
11: Connor O'Leary (AUS) x Kanoa Igarashi (EUA)
12: Jordy Smith (ZAF) x Kelly Slater (EUA)

Bencic fecha o ano com título de ITF em Dubai

Recém retornada ao circuito, a suíça Belinda Bencic encerrou a temporada 2017 com um triunfo no ITF de US$ 100,000 mais hospedagem de Dubai. A vitória veio diante da croata Ajla Tomljanovic. Bencic conquistou a vitória sobre Tomljanovic na final após vencer o primeiro set por 6/4 e sua adversária abandonar a partida. Esta foi a segunda vitória da suíça sobre a croata em três duelos na carreira.

A conquista em Dubai foi a terceira seguida de Bencic neste final de temporada, tendo conquistado anteriormente os ITF US$ 100,000 de São Petersburgo e os 125K Series de Hua Hin e Taiwan. As conquistas levaram Bencic de volta ao posto de número 74 do ranking.

Em duelo equilibrado, Paulistano bate Liga Sorocabana e sobe uma posição no NBB

Em jogo isolado do Novo Basquete Brasil (NBB) neste domingo, o Paulistano visitou o Liga Sorocabana e descolou vitória importante na competição. Jogando no ginásio Gualberto Moreira, o Paulistano se impôs em quadra e, mesmo com muita luta do Sorocabana, venceu pelo placar de 78 a 75.

Pelo lado do Paulistano, Jhonatan foi o melhor jogador, com 15 pontos anotados, além de sete rebotes e duas assistências. Já o Liga Sorocabana, mesmo com a derrota, teve o cestinha da partida: o ala norte-americano Anton Cook marcou 17 pontos.

O time da capital, atual campeão paulista, aproveitou sua boa fase no nacional – quatro vitórias nos últimos cinco jogos – para bater um rival que tentava acabar com um incômodo jejum de sete jogos seguidos sem vitórias. Com a vitória, o CAP chegou ao seu quinto triunfo em oito jogos e subiu uma posição na tabela: agora é o sexto colocado, superando o Franca.

A Liga Sorocabana ainda faz mais um jogo este ano e volta a atuar em casa na próxima sexta-feira (22), às 20h, quando recebe o Pinheiros. Já o Paulistano tem mais dois compromissos em 2017, ambos no Rio de Janeiro: na quinta-feira (21), às 20h, encara o Botafogo no ginásio Oscar Zelaya, e no sábado (23), às 11h, enfrentar o Vasco da Gama no ginásio de São Januário.

Messi passa em branco, mas Paulinho faz dois e Barça dispara

Antes de entrar em campo nesse sábado, Lionel Messi recebeu a chuteira de ouro pela artilharia europeia na temporada 2016/2017. Com a bola rolando, no entanto, não era o dia do argentino. Foram nada menos que três bolas na trave e um pênalti perdido. Mesmo assim, o Barcelona passeou no Camp Nou. Com dois gols de Paulinho e outros dois de Suárez, a equipe da Catalunha goleou o Deportivo La Coruña por 4 a 0 e disparou na liderança do Campeonato Espanhol.

Agora, o Barça soma 42 pontos, seis à frente do vice-líder Atlético de Madrid e 11 pontos acima do Real Madrid, que tem um jogo a menos e terá de correr atrás do prejuízo depois de se consagrar campeão Mundial no sábado. Já o La Coruña estaciona nos 15 pontos, apenas uma posição acima da zona de rebaixamento.

Com show de tubos, Medina derrota havaiano em Pipeline e avança ao 3º round

Gabriel Medina segue vivo em sua jornada rumo ao bicampeonato mundial. Neste domingo, ele entrou na água na mítica praia de Pipeline, onde tornou-se o primeiro brasileiro campeão do mundo em 2014, para participar da repescagem. Ou seja, só a vitória interessava. 

E ele não decepcionou. Encarou o forte surfista local Dusty Payne com intensidade desde o início da disputa e saiu vitorioso, garantindo a vaga na terceira rodada sob aplausos do público presente no Havaí. Com um show de tubos, o surfista de Maresias ficou com somatório de 15.33, sendo uma das notas um 9.00, a melhor da bateria, contra 8.50 do adversário.

Baterias da repescagem (2ª fase):
1: Gabriel Medina (BRA) 15.33 x 8.50 Dusty Payne (HAV)
2: Owen Wright (AUS) 10.77 x 11.54 Ethan Ewing (AUS)
3: Julian Wilson (AUS) 8.56 x 6.87 Benji Brand (HAV)
4: Matt Wilkinson (AUS) x Stuart Kennedy (AUS)*
5: Adriano de Souza (BRA) 11.93 x 8.33 Jadson Andre (BRA)
6: Kolohe Andino (EUA) 17.10 x 14.96 Jack Freestone (AUS)
7: Filipe Toledo (BRA) 11.30 x 13.40 Ian Gouveia (BRA)
8: Sebastian Zietz (HAV) 10.00 x 13.17 Leonardo Fioravanti (ITA)
9: Joel Parkinson (AUS) 6.10 x 5.13 Wiggolly Dantas (BRA)
10: Mick Fanning (AUS) 8.90 x 8.87 Bede Durbidge (AUS)
11: Frederico Morais (POR) 6.00 x 12.67 Kanoa Igarashi (AUS)
12: Michel Bourez (TAH) 16.40 x 6.54 Joan Duru (FRA)

*Stuart Kennedy desistiu devido à lesão, e Wilkinson está na terceira rodada

Zenit Kazan derrota o Civitanova e conquista seu primeiro Mundial de Clubes

Com um time recheado de estrelas do vôlei mundial e grande favorito, o Zenit Kazan, da Rússia, confirmou as expectativas e conquistou o Mundial de Clubes de Vôlei Masculino pela primeira vez na história. O título dos russos veio com uma expressiva vitória por três sets a zero sobre o Civitanova, da Itália, com parciais de 27-25, 25-22 e 25-22.

Na decisão contra o Civitanova, o destaque ficou por conta do ponteiro cubano Léon, que virou 18 pontos para o Zenit.

Ainda assim ele não foi o maior pontuador do jogo, ficando atrás do compatriota Juantorena, do time italiano, que anotou 20 pontos e foi o líder no quesito.

Coutinho e Firmino mantêm grande fase e Liverpool goleia

Já virou rotina: se o Liverpool faz uma grande partida, e Phillippe Coutinho é o maior responsável pela boa atuação. Este foi novamente o caso neste domingo, em que os Reds venceram o Bournemouth fora de casa por 4 a 0, com um tento do meia, que ainda acertou a trave, um de Lovren, um de Salah e outro de Roberto Firmino.

Após poupar seus principais jogadores no último jogo da Premier League – em que empatou com o West Bromwich -, Jurgen Klopp voltou a colocar os astros do Liverpool. Assim, a diferença no nível de atuação foi gritante e os números comprovam isso. Somados, Phillippe Coutinho, Salah e Firmino somam 25 gols no Campeonato Inglês, 14 do egípcio, seis do atacante e cinco do brasileiro.

Com a vitória, o Liverpool subiu para a quarta colocação, com 34 pontos ganhos, o que o classificaria para a próxima Uefa Champions League. Na próxima rodada, sexta-feira, às 17h45 (de Brasília), o time vermelho volta a campo mais uma vez fora de casa, no Emirates Stadium, no clássico contra o Arsenal.

Com brasileiros, Lokomotiv vence time iraniano e fatura Mundialito

O Lokomotiv é o grande campeão do V Mundialito de Clubes de Beach Soccer, que aconteceu em Vargem Grande Paulista, no interior de São Paulo. Enfrentando o Pars Janoobi, do Irã, na grande decisão, os russos fizeram prevalecer o status de uma das melhores equipes do mundo e superaram os rivais por 5 a 4.

Contando com um bom público na arena montada na região metropolitana de São Paulo, Lokomotiv e Pars Janoobi travaram um duelo equilibrado, porém, o fato de os russos contarem com alguns jogadores brasileiros fez a diferença, já que dois dos cinco gols da equipe foram marcados por atletas nascidos no país (Ozu, que é naturalizado japonês, e Nelito). Os outros tentos do Lokomotiv foram de autoria de Makarov, Stankovic e Nikoronov. Do outro lado, Mirshikari, Kiani, Akbari e Mesigar balançaram as redes.

Apesar de o Brasil ser considerado o país do Beach Soccer, os clubes anfitriões não conseguiram disputar o título. Corinthians e Flamengo foram os que chegaram mais perto, entretanto, o Timão foi superado na semifinal pelo Lokomotiv por 5 a 3, enquanto o Rubro-Negro carioca acabou caindo diante do Pars Jonoobi por 6 a 4.

Cruzeiro vence Belchatow por 3 a 0 e fica em terceiro no Mundial de Clubes

O Cruzeiro conquistou o terceiro lugar no Mundial de Clubes de Vôlei Masculino, disputado na Polônia. Neste domingo, na Tauron Arena, em Cracóvia, a equipe venceu os poloneses do Belchatow por 3 sets a 0.

O Cruzeiro se impôs desde o começo do jogo na Polônia. O primeiro set foi vencido por 25 a 19. No segundo, o time mineiro fez 25 a 18. Para fechar a partida e garantir a medalha de bronze no torneio, o Cruzeiro ganhou o terceiro set por 25 a 13.

Em seis participações do Mundial de Clubes, essa foi a segunda vez que o time não chegou à decisão. Em 2014, foi quarto colocado. Nas quatro finais disputadas, o Cruzeiro foi campeão em 2013, 2015 e 2016. Em 2012, a equipe foi vice.

Na estreia, o Cruzeiro perdeu para o Civitanova, da Itália, por 3 sets a 0. Na segunda rodada, a reação veio com um triunfo por 3 a 0 sobre o Teerã, do Irã. No fechamento da fase de classificação, outra vitória por 3 a 0, agora sobre o Zaksa, da Polônia. Na semifinal, o Cruzeiro acabou derrotado pelo Zenit Kazam, da Rússia, por 3 sets a 0.

Maria Portela é ouro no World Masters, e Brasil leva mais três medalhas na Rússia

Maria Portela foi o destaque do Brasil no segundo e último dia de disputas no World Masters, neste domingo, em São Petersburgo, na Rússia. A judoca brasileira encerrou o ano de 2017 no alto do pódio após garantir o ouro na categora até 70kg.

Para conquistar sua inédita medalha de ouro, Maria Portela venceu cinco lutas. Na final, venceu com muita categoria por ippon a croata Barbara Matic. Na estreia, bateu Gulnoza Matniyazova (UZB) por ippon e, nas quartas, superou a austríaca Michaela Polleres com um waza-ari no golden score. Na semifinal, a brasileira passou pela sueca Anna Bernholm por um waza-ari.

O Brasil ainda conquistou medalhas com David Moura (prata), Rafael Silva (bronze) e Maria Suelen (bronze). Com isso, o país deixa a Rússia com cinco medalhas no total, uma vez que Érika Miranda também havia faturado o bronze no sábado.

Quem também esteve perto do ouro foi David Moura. O judoca pesado (+100kg) perdeu por ippon na final para o judoca da Geórgia Tushishvili (GEO) e ficou com a prata. Na mesma categoria, Rafael Silva, o "Baby", venceu o atleta da Mongólia Temuulen Battulga, que tomou três punições, e garantiu um lugar no pódio.

United vence no sufoco e segue buscando se aproximar de City

Mesmo vendo o seu rival fazendo uma temporada sensacional, o Manchester United não diminui o seu ritmo para buscar uma conquista do Campeonato Inglês. Neste domingo, os Diabos Vermelhos derrotaram o West Bromwich fora de casa pelo placar de 2 a 1 em duelo válido pela 18 rodada da competição inglesa.

Os gols anotados pelos visitantes foram marcados no primeiro tempo. O goleador belga Lukaku abriu o placar com uma forte cabeçada aos 26 minutos. Dez minutos mais tarde, Lingard ampliou a vantagem. Aos 31 minutos da segunda etapa, Barry descontou para os donos da casa.

Com seus três pontos conquistados, a equipe de José Mourinho chegou aos 41 pontos, 11 a menos que o seu rival de cidade que lidera de maneira isolada.

Kaká anuncia aposentadoria e diz que vai estudar para ser dirigente

Já estava difícil, mas agora é oficial: o São Paulo não contará com o futebol de Kaká na próxima temporada. Neste domingo, em entrevista à TV Globo, o pentacampeão mundial e eleito o melhor jogador do mundo em 2007 anunciou que não seguirá atuando como jogador profissional aos 35 anos. Agora, a tendência é que ele comece a estudar para assumir um cargo diretivo no Milan, que recentemente o convidou para trabalhar na Itália caso decidisse se aposentar.

No Morumbi, em uma noite fria, o que o fez vestir um agasalho, o melhor jogador do mundo de 2007 revelou a Galvão Bueno que a camisa do Orlando City, dos Estados Unidos, foi a última que ostentou como atleta. Além da seleção brasileira, pela qual jogou três Copas e ganhou a de 2002, como meia-atacante ele também atuou por São Paulo, Milan, Real Madrid e Orlando.

Celtics perdem para o Jazz e veem Cavaliers se aproximarem no briga pelo Leste

A liderança da Conferência Leste continua com os Celtics. Porém, o time verde vê o Cleveland Cavaliers crescer a cada semana no retrovisor. A diferença entre os dois ficou ainda menor nesta sexta-feira, com mais uma derrota do Boston - a terceira nas últimas cinco partidas. Mesmo jogando em casa e com 33 pontos de Kyrie Irving, os Celtics não conseguiram segurar o Utah Jazz de Ricky Rubio e Donovon Mitchell e perderam por 107 a 95.

Foi a sétima derrota do Boston Celtics, que tem 24 vitórias na temporada e segue na ponta do Leste. Os Cavaliers, que venceram 16 dos últimos 17 compromissos, aparecem logo na sequência, com 21 vitórias e oito derrotas. O Toronto Raptors é o terceiro colocado, com campanha de 19-8.

Rafael dos Anjos dá aula contra Lawler e cobra promessa de disputa de cinturão

Ex-campeão dos pesos-leves (até 70,3kg), o brasileiro Rafael dos Anjos comprovou mais uma vez na madrugada deste domingo que tomou a decisão correta ao subir para os pesos-meio-médios (até 77,1kg).

Contra um ex-campeão da categoria e segundo colocado do ranking, o americano Robbie Lawler, o lutador niteroiense teve uma atuação maestral, que lembrou a que lhe garantiu o cinturão do Ultimate em 2015 contra Anthony Pettis, e conquistou a vitória por decisão unânime (triplo 50-45), sem perder nenhum round, no evento principal do "UFC: Lawler x Dos Anjos", em Winnipeg, Canadá.

É a terceira vitória consecutiva de Rafael, todas sobre adversários bem ranqueados, e ele cobrou de Dana White, presidente do UFC, sua promessa de ser o próximo desafiante ao campeão Tyron Woodley.

Eu acabei de ganhar do cara mais duro da divisão. Acho que pela minha história na organização e pelo que fiz hoje, mereço a chance pelo cinturão - afirmou Rafael dos Anjos.

sábado, 16 de dezembro de 2017

No Mineirão, Brasil atropela a Argentina no futebol americano: 38 a 0

No palco dos 7 a 1 na semifinal da Copa do Mundo, o Brasil atropelou seu maior rival neste sábado. Não, não valia final, como no Mundial de 2014, sequer o jogo foi disputado na mesma modalidade. A vitória do Brasil, neste sábado, foi no futebol americano, no Mineirão: 38 a 0.

Muito diferente da rivalidade no futebol, o primeiro amistoso entre os dois países terminou em paz. E os jogadores das duas seleções receberam medalhas ao fim da partida.

Na volta de Murilo, Sesi-SP domina o Sesc Rio na Superliga

A noite era de estreia. Após oito meses suspenso por doping, Murilo voltou a jogar em uma nova posição. Agora líbero, o medalhista olímpico compôs bem a defesa de um time que se garantiu no ataque. Com destaque para Alan e Lipe, eleito o melhor em quadra, o Sesi-SP dominou o Sesi Rio, na Vila Leopoldina, no último jogo do 1º turno da Superliga masculina. Apesar de um apagão no terceiro set, o time da casa conquistou uma vitória realativamente tranquila por 3 sets a 1, com parciais de 25/17, 25/20, 16/25 e 25/18.

Quem se beneficiou com este resultado foi o Cruzeiro. Fora da final do Mundial de Clubes, o time mineiro ao menos pôde comemorar a manutenção da liderança da Superliga ao final do turno. Os comandados de Marcelo Mendez somam 30 pontos, com 10 vitórias em 11 jogos. O Sesc segue em segundo, com 28 pontos, enquanto o Sesi é o quarto, agora com 24.

As duas equipes voltam à quadra no dia 21 de dezembro, próxima quinta-feira. Na primeira rodada do returno, o Sesi-SP recebe o Maringá às 19h, enquanto o Sesc Rio visita o Taubaté às 21h30 (horários de Brasília).

Pinheiros bate o Vitória e volta a assumir a liderança do NBB

O Pinheiros perdeu sua invencibilidade no Novo Basquete Brasil (NBB) na última semana, quando foi derrotado pelo Bauru. Neste sábado, jogando em casa, no ginásio Henrique Villaboim, o Pinheiros recebeu a visita do Vitória com o objetivo de retomar a liderança do NBB, e não fez feio: vitória por 80 a 77.

No jogo deste fim de semana, o norte-americano Holloway foi o destaque do Pinheiros, com 22 pontos marcados, além de cinco rebotes e cinco assistências. Pelo lado do Vitória, o também norte-americano Okorie foi o principal nome da equipe, com 19 pontos e cinco assistências.

Depois da derrota para o Bauru, o Pinheiros passou a ser pressionado pelo Mogi das Cruzes, que possui o mesmo aproveitamento que os pinheirenses, mas fica atrás nos critérios de desempate. Com a vitória neste sábado diante o clube baiano, o Pinheiros possui oito vitórias e uma derrota, em nove duelos realizados.

Atlético de Madrid vence o Alavés e assume a vice-liderança do Espanhol

O Atlético de Madrid é o novo segundo colocado do Campeonato Espanhol. Neste sábado, a equipe da capital ganhou do Alavés por 1 a 0, em casa, e tirou proveito da derrota por 2 a 1 do Valencia para o Eibar para se tornar a mais próxima do líder Barcelona na tabela de classificação.

O único gol do Atlético de Madrid neste fim de semana foi marcado pelo ídolo do clube Fernando Torres, que se esticou para completar um cruzamento da direita aos 29 minutos do segundo tempo.

Com área de competição maior, Italo avança no Havaí

O lusitano Morais começou bem. Passados sete minutos de bateria, ele estava liderando com 9.10 no somatório. Fanning estava em segundo, e o Italo, correndo por fora e buscando as oportunidades, em terceiro. Italo arriscou um aéreo, quase caiu, mas se reequilibrou e completou a manobra. O esforço, entretanto, não foi suficiente para deixar a lanterna da bateria. MicK Fanning tomou a liderança na metade da bateria, somando 10.80. 

Com o mar pequeno, o brasileiro apostou de novo em um aéreo e conseguiu virar a bateria com um 7.33, chegando a 11.06. O surfista do Brasil chegou a trocar a segunda nota duas vezes, complicando a missão dos rivais. Ele fechou com 12,90, contra 10,80 de Fanning e 9.27 de Morais, segundo e terceiro colocados.

Depois de uma longa reunião, a WSL anunciou que não colocaria na água o round 2 ainda neste sábado.

Baterias da 1ª fase no Havaí:
1: Matt Wilkinson (AUS) 4.67, Jeremy Flores (FRA) 10.17, Jadson André (BRA) 6.33
2: Owen Wright (AUS) 3.37, Kanoa Igarashi (EUA) 6.10, Josh Kerr (AUS) 12.17
3: Julian Wilson (AUS) 8.00, Conner Coffin (EUA) 10.56, Stuart Kennedy (AUS) 1.50
4: Jordy Smith (AFR) 16.57, Bede Durbidge (AUS) 11.43, Ethan Ewing (AUS) 3.00
5: Gabriel Medina (BRA) 12.43, Miguel Pupo (BRA) 14.83, Benji Brand (HAV) 12.64
6: John John Florence (HAV) 13.50, Wiggolly Dantas (BRA) 5.63, Dusty Payne (HAV) 6.83
7: Adriano de Souza (BRA) 11.27, Caio Ibelli (BRA) 12.83, Jack Freestone (AUS) 7.04
8: Kolohe Andino (EUA) 7.60, Joan Duru (FRA) 11.90, Kelly Slater (EUA) 12.47
9: Filipe Toledo (BRA) 2.00, Michel Bourez (TAH) 2.00, Ezekiel Lau (HAV) 10.50
10: Sebastian Zietz (HAV) 10.60, Adrian Buchan (AUS) 10.83, Ian Gouveia (BRA) 8.43
11: Joel Parkinson (AUS) 11.13, Connor O'Leary (AUS) 12.04, Leonardo Fioravanti (ITA) 8.44
12: Mick Fanning (AUS) 10.80, Frederico Morais (PRT) 9.27, Italo Ferreira (BRA) 12.90

Érika Miranda conquista bronze no primeiro dia do Masters de judô

O Brasil faturou uma medalha no primeiro dia de competições no World Masters de Judô, disputado neste sábado, em São Petersburgo, na Rússia. Érika Miranda, judoca peso meio-leve, venceu a cosovar Distria Krasnig, e ficou com a medalha de bronze do torneio.

A conquista deste sábado foi a quinta medalha de Érika Miranda no Circuito Mundial de 2017. Na semifinal, a brasileira perdeu para a meio-leve Amandine Buchard, da França. Com isso, disputou o terceiro lugar, e bateu a cosovar Distria Krasniq por um wasari no golden score.

Arissa Koyama, Jéssica Pereira, Rafaela Silva, Eric Takabatake e Charles Chibana também disputaram o bronze, mas ninguém conseguiu lugar no pódio.

Jesus perde pênalti, mas City vence 16ª partida seguida no Inglês

O Manchester City, do técnico Pep Guardiola, segue fazendo história no Campeonato Inglês. Neste sábado, os citizens receberam o Tottenham, em partida realizada no Ettihad Stadium, e venceram por 4 a 1. No entanto, o placar poderia ter sido ainda maior, caso o brasileiro Gabriel Jesus não tivesse desperdiçado cobrança de pênalti.

Aos 30 minutos do segundo tempo, com o placar de 2 a 0 para o City, o árbitro da partida marcou pênalti para o time da casa. Coube ao brasileiro Gabriel Jesus, que entrou no segundo tempo do jogo, bater e perder, ao mandar a bola na trave.

As duas equipes voltam a campo pelo Campeonato Inglês no próximo sábado, na 19ª rodada. Às 13h (de Brasília), o Manchester City recebe o Bournemouth em casa. Às 15h30, é a vez do Tottenham visitar o Burnley.

Com o resultado, o Manchester City chegou à 16ª partida seguida com vitória na Premier League, um dos principais recordes da história do centenário torneio. Agora, os citizens possuem 52 pontos, com 17 vitórias e um empate em 18 jogos realizados. Vice-líder do Inglês, o Manchester United tem 38 pontos, com uma partida a menos que os rivais de Manchester.