Blog Esportivo do Suiço

Blog Esportivo do Suiço

sábado, 23 de junho de 2018

Mesmo irritado, Federer vence semi em Halle e busca 99º título

O suíço Roger Federer jogará neste domingo por um triplo feito. Caso atinja o 10º título sobre a grama de Halle, ele erguerá o 99º troféu da carreira e manterá o número 1 do mundo, posição que reconquistou a apenas seis dias. Para atingir a 12ª final em Halle e a 149ª de seu currículo, 

Federer superou a irritação com os erros e venceu com dificuldade Denis Kudla, norte-americano que saiu do qualificatório e é apenas 109º do ranking, com parciais de 7/6 (7-1) e 7/5. Seu adversário sairá do duelo entre o croata Borna Coric e o espanhol Roberto Bautista. Com 25 vitórias em 27 possíveis, 

Federer vai em busca do quarto título da temporada em sua quinta final. Ele já faturou na Austrália, Roterdã e Stuttgart, ficando com o vice em Indian Wells. Atinge 20 vitórias seguidas na grama, sua segunda maior série da carreira, ainda que distante das 65 que obteve entre 2003 e 2008.

sexta-feira, 22 de junho de 2018

Corinthians vence São José, é campeão da Liga Ouro e garante o acesso ao NBB

Foram 22 anos sem atividade no basquete masculino. E a volta do Corinthians à modalidade neste ano foi coroada com o título da Liga Ouro. Na noite desta sexta-feira, 22, o Alvinegro venceu o São José por 74 a 63, no ginásio Linneu de Moura, e fechou decisão em 3 a 1. Com esta conquista, o Corinthians garante o acesso ao NBB, elite do basquete brasileiro, na temporada 2018/2019.

No embate desta noite, o Corinthians terminou os três primeiros quartos atrás no placar. No último quarto, assumiu a dianteira e não deixou o triunfo escapar. Com 12 pontos, Bruno e Reggie dividiram a liderança na pontuação do Timão. Douglas Nunes anotou 28 por São José, mas não conseguiu impedir o revés dos donos da casa.

Jogos da série entre Corinthians 3 x 1 São José
16/06 - Corinthians 72 x 75 São José
18/06 - Corinthians 67 x 66 São José
20/06 - São José 115 x 122 Corinthians
22/06 - São José 63 x 74 Corinthians

São Paulo contrata atacante equatoriano Joao Rojas

Na noite dessa sexta-feira, o São Paulo anunciou a contratação de Joao Rojas, atacante equatoriano que estava no Talleres, da Argentina. O vínculo é válido até o fim de julho de 2020, com possibilidade de renovação por mais dois anos. O jogador de 29 anos chegará ao Brasil nos próximos dias para conhecer o clube.

O atacante disputou 25 partidas na última temporada do Campeonato Argentino, quando seu time terminou em quinto lugar, e anotou apenas um gol, no longínquo 10 de setembro do ano passado. Em 2014, o jogador chegou a disputar a Copa do Mundo pelo Equador, terra natal do zagueiro Arboleda.

Suíça vira o jogo sobre a Sérvia e deixa o grupo do Brasil embolado

O grupo E da Copa do Mundo da Rússia está embolado. Nesta sexta-feira, poucas horas após a Seleção Brasileira suar para vencer a Costa Rica por 2 a 0, a Suíça derrotou a Sérvia por 2 a 1 em Kaliningrado e também se manteve com boas chances de avançar às oitavas de final.

Brasil e Suíça lideram a chave com 4 pontos ganhos (o time de Tite tem um gol a mais de saldo), à frente de Sérvia, com 3, e da já eliminada Costa Rica, que só perdeu até então. A definição dos dois classificados para a próxima fase sairá a partir das 15 horas (de Brasília) de quarta-feira, com o encontro entre brasileiros e sérvios e o duelo de suíços com costa-riquenhos.

Os suíços voltaram a mostrar poder de reação diante dos sérvios. Sofreram um gol logo aos quatro minutos de jogo, em cabeçada de Mitrovic, mas melhoraram consideravelmente no segundo tempo. Xhaka anotou em um belo chute de longa distância e Shaqiri completou aos 44 – assim como Behrami, os dois jogadores são nascidos em Kosovo, região que declarou independência da Sérvia de forma unilateral em 2008.

Coric segue firme em Halle e pega Bautista na semi

Depois de abrir a chave ao bater o alemão Alexander Zverev, segundo mais bem cotado, na segunda rodada do ATP 500 de Halle, o croata Borna Coric vai aproveitando o momento para ir longe na competição e já está nas semifinais, carimbando a vaga nesta sexta-feira com uma vitória em sets diretos para cima do italiano Andreas Seppi, com 7/5 e 6/3 anotados em 1h24. 

O croata de apenas 21 anos terá agora pela frente o espanhol Roberto Bautista, quarto pré-classificado, que teve bastante trabalho para passar pelas quartas de final. Ele encarou o jovem russo Karen Khachanov e precisou de três sets e 2h11 para conquistar a vitória, anotando o placar final de 6/3, 6/7 (3-7) e 6/3.

Kvitova volta à semi em Birmingham, Svitolina cai

A ótima semana de Petra Kvitova em Birmingham teve continuidade nesta sexta-feira, quando a tcheca se garantiu na semifinal do WTA Premier local em quadras de grama. Atual campeã do torneio, Kvitova derrotou a alemã Julia Goerges por 6/1 e 6/4.

A adversária de Kvitova na semifinal será a romena Mihaela Buzarnescu, 30ª do ranking mundial, que voltou a surpreender a número 5 do mundo Elina Svitolina ao marcar 6/3 e 6/2. Buzarnescu já havia sido algoz da ucraniana no saibro de Roland Garros.

O único duelo anterior entre Kvitova e Buzarnescu foi realizado este ano, no saibro de Praga, com vitória tcheca. Embora seja bem colocada e esteja com 30 anos, a romena subiu no ranking muito rápido nos últimos meses e só debutou no top 100 em outubro.

Musa brilha, Nigéria derrota a Islândia e ajuda a Argentina

Depois de um primeiro tempo sem muitas emoções, a Nigéria cresceu de produção na segunda etapa e através de Musa, que viveu tarde inspirada em Volgogrado ao marcar duas vezes, garantiu seu primeiro triunfo na Copa do Mundo, por 2 a 0. Os islandeses ainda tiveram a chance de esboçar uma reação na reta final da partida, quando o árbitro assinalou um pênalti com ajuda do recurso de vídeo, mas Sigurdsson desperdiçou a oportunidade.

Dos resultados possíveis para o duelo, esse é o melhor para a Argentina, que precisará vencer os nigerianos na última rodada e torcer para os islandeses não derrotarem a já classificada Croácia para avançar. A Nigéria, por sua vez, pode se classificar às oitavas com apenas um empate.

Na rodada que fecha o Grupo C, os nigerianos enfrentam os argentinos, em São Petersburgo. Enquanto a seleção islandesa joga contra os croatas, que já classificados devem entrar em campo com o time reserva. As duas partidas estão programadas para às 15h (de Brasília) da terça-feira.

Djokovic chega à vitória 800 e faz semi em Queen's

A sexta-feira foi especial para Novak Djokovic, que alcançou mais uma marca expressiva em sua carreira. O sérvio alcançou a vitória de número 800 no circuito ao marcar as parciais de 7/5 e 6/1 contra o canhoto francês Adrian Mannarino para chegar à semifinal do ATP 500 de Queen's. 

Djokovic espera pelo vencedor da partida entre o 61º colocado francês Jeremy Chardy ou o jovem norte-americano de 20 anos e 62º do mundo Frances Tiafoe. O ex-número 1 e atual 22º do ranking venceu todos os dez jogos que fez contra Chardy, enquanto um duelo com Tiafoe seria inédito. 

A semifinal alcançada na grama de Queen's é a segunda alcançada pelo sérvio na atual temporada. Antes disso, ele só havia chegado à penúltima rodada no saibro de Roma. O jogador de 31 anos tenta alcançar a final de número 99 na elite do circuito.

Clezar evita 4 match-points, vai à semi na Itália e top 200

Pelo segundo dia consecutivo, o gaúcho Guilherme Clezar resistiu ao terceiro set e avançou no challenger de 43 mil euros sobre o saibro italiano. Desta vez, salvou nada menos do que quatro match-points no tiebreak decisivo antes de eliminar o canhoto local Gianluigi Quinzi, cabeça 7, por 6/3, 1/6 e 7/6 (12-10). 

A consequência imediata da boa campanha em L´Acqua é que Clezar voltará à faixa dos 200 primeiros do ranking, podendo atingir até mesmo o 189º lugar na lista da próxima segunda-feira. Ele garantirá mais 10 postos caso supere o argentino Facundo Bagnis nas semifinais deste sábado. Este será o 11º duelo entre eles, todos no saibro com vantagem de 6 a 4 para Bagnis. 

A partida entre Clezar e Quinzi teve domínio claro de cada tenista nos dois primeiros sets e não viu quebras de serviço ao longo de toda a terceira série. O gaúcho salvou quatro break-points no sétimo game e depois teve um match-point a favor no 10º, que Quinzi salvou com o saque.

Melo e Kubot estão a uma vitória do bi em Halle

Pela segunda vez seguida o mineiro Marcelo Melo e o polonês Lukasz Kubot saíram perdendo e conseguiram depois buscar a virada. Nesta sexta-feira, pelas semifinais do ATP 500 de Halle, eles levaram um susto do croata Ivan Dodig e do norte-americano Rajeev Ram, salvaram dois match-prints e acabaram triunfando com parciais de 6/7, 6/3 e 12-10. 

Atuais campeões e cabeças de chave número 1 no torneio alemão, Melo e Kubot são os únicos garantidos na final até agora. Eles esperam pela segunda semifinal, que acontecerá apenas no sábado, em que terá de um lado o austríaco Alexander Peya e o croata Nikola Mektic, segundos pré-classificados, e do outro os irmãos alemães Mischa e Alexander Zverev.

Hamilton lidera com folga segundo treino do GP da França

Lewis Hamilton voltou a dominar a tabela de tempos no segundo treino livre para o GP da França, em Paul Ricard, enquanto que Valtteri Bottas teve um fim prematuro de sessão com um problema mecânico.

Hamilton, que havia comandado a dobradinha da Mercedes no primeiro ensaio do dia, ditou o ritmo em momentos distintos na sessão da tarde. Na fase inicial, assumiu a ponta ainda nos estágios de pneus supermacios e macios, deixando para trás nomes como Bottas, Sebastian Vettel e Max Verstappen.

Fluminense anuncia Marcelo Oliveira como novo treinador

Menos de uma semana após a queda de Abel Braga, o Fluminense anunciou seu substituto. Trata-se de Marcelo Oliveira, que assinou contrato até o final da temporada. O novo comandante conhecerá seus atletas na próxima terça-feira, quando a equipe se reapresenta após período de folga. 

O último trabalho do treinador foi no Coritiba, em 2017. Em 10 partidas no comando do clube paranaense, foram cinco derrotas, três empates e apenas duas vitórias. No Campeonato Brasileiro dessa temporada, o Coxa acabou rebaixado para a segunda divisão.

Kyrgios faz 32 aces, ganha 2 tiebreaks e desafia Cilic na semi de Queen's

Depois de vencer as duas primeiras partidas em três sets, o australiano Nick Kyrgios enfim conseguiu triunfar por 2 a 0, mas precisou de dois tiebreaks para seguir adiante no ATP 500 de Queen's. Nesta sexta-feira, ele teve pela frente o espanhol Feliciano López e marcou as parciais de 7/6 (7-5) e 7/6 (7-3), em 1h35 de confronto. 

Na semifinal, o australiano medirá forças com o croata Marin Cilic, cabeça de chave número 1, que mais cedo nesta sexta também venceu em sets diretos, deixando pelo caminho o norte-americano Sam Querrey com o placar final de 7/6 (7-3) e 6/2, depois de 1h18 de partida. 

O duelo entre Cilic e Kyrgios será o terceiro entre eles e servirá de tira-teima, já que cada um venceu um até então. O croata se deu melhor no primeiro encontro, pela segunda rodada de Roland Garros em 2013. Um ano depois veio o troco do australiano, que bateu o rival na decisão no ATP de Marselha.

Mesmo irregular, Federer se garante na semifinal em Halle

Apesar de ter feito outra exibição irregular, o suíço Roger Federer usou sua experiência nas horas delicadas para atingir a semifinal do ATP 500 de Halle, onde busca o 10º troféu e a manutenção da liderança do ranking. Ele superou o australiano Matthew Ebden, 60º do mundo, por 7/6 (7-2) e 7/5. No dia anterior, havia evitado dois match-points diante do francês Benoit Paire. 

Seu adversário nas semifinais deste sábado será o norte-americano Denis Kudla, mero 109º do ranking e saído do qualificatório, que venceu uma partida estranha diante do japonês Youchi Sugita, por 6/2 e 7/5. Kudla perdia por 2/5 quando pediu atendimento médico para as costas e aí embalou com cinco games consecutivos, tendo ainda evitado um set-point no oitavo game. No único duelo entre os dois, Federer venceu na primeira rodada de Indian Wells de 2012.

Brasil reage após quedas, domina Austrália e volta a vencer na Liga das Nações

Era preciso dar uma resposta rápida. Depois de três quedas em sequência, o Brasil queria a volta por cima. Conseguiu. Na abertura da quinta semana da Liga das Nações, a seleção não teve muitos problemas para vencer a Austrália em Melbourne. Com bela partida de Lucas Lóh, reforço para a etapa, a equipe de Renan Dal Zotto venceu em 3 sets a 0, parciais 25/22, 25/19 e 25/19.

A vitória devolve o Brasil ao quarto lugar. Ultrapassado na abertura da rodada, o Brasil tomou a posição da Polônia e chegou aos 27 pontos. A equipe volta à quadra neste sábado, justamente contra a Polônia, às 7h10. 

Lucas Lóh foi a grande novidade da partida. O ponteiro, que se juntou à equipe para o lugar de Lipe, lesionado, deu mais segurança ao passe brasileiro e apareceu bem no ataque, com 12 pontos. Wallace, com 16 pontos, e Lucão foram os outros destaques. Thales, muito bem na defesa, foi outro a brilhar. Carroll, com 14 pontos, foi o grande nome da Austrália.

Com gols nos acréscimos, Brasil sofre, mas vence retranca costarriquenha

A Seleção Brasileira esteve muito perto de somar mais um resultado frustrante em sua 21ª participação em Copas do Mundo. O novo desfecho amargo só não aconteceu graças a Philippe Coutinho, que já nos acréscimos apareceu na área para ficar com a sobra do domínio de Gabriel Jesus e bater à queima-roupa, abrindo o placar para o Brasil. Antes do apito final, aos 51, Neymar completou o passe de Douglas Costa para fazer 2 a 0 e fechar os trabalhos no Estádio Krestovsky.

Novamente a Seleção Brasileira foi alvo de polêmica com o árbitro de vídeo nesta sexta-feira. Aos 32 minutos do segundo tempo, o holandês Bjorn Kuipers assinalou pênalti para o time do técnico Tite, contudo, ao rever o vídeo do lance à beira do gramado, voltou atrás e cancelou a penalidade, o que levou os jogadores à loucura.

Embora tenha pressionado os costarriquenhos durante os 90 minutos, a Seleção Brasileira mostrou pouco poder criativo e sofreu para infiltrar na defesa adversária. Agora, o time canarinho decide a primeira colocação do Grupo E contra a Sérvia, na próxima quarta-feira, em Moscou. A Costa Rica, por sua vez, pega a Suíça.

Monteiro joga apenas 28 minutos e faz semi na Itália

O cearense Thiago Monteiro não teve muito trabalho para garantir seu lugar na semifinal do challenger de L'Aquila, disputado sobre o saibro e com premiação de 43 mil euros. Nesta sexta-feira, ele precisou ficar apenas 28 minutos e quadra, contando com a desistência do italiano Gian Marco Moroni quando marcava 3/1 no primeiro set. 

Cabeça de chave número 5, Monteiro espera agora pelo vencedor da partida envolvendo mais dois atletas da casa, de um lado o segundo mais bem cotado ao título, o experiente Paolo Lorenzi, e do outro o alternate Filippo Baldi. 

A campanha desta semana no saibro italiano levará o cearense de volta ao posto de número 1 do Brasil, deixando para trás o paulista Rogerio Silva, que foi eliminado logo na estreia. Monteiro vai ganhando oito lugares e sobe para a 130ª colocação. Ele pode chegar a 121 do mundo se for para a final e até o 111º lugar com o título.

Com Hamilton na ponta, Mercedes domina primeiro treino na França

Nesta sexta-feira, a França voltou a receber um GP de Formula 1 após 10 anos de ausência. Em Le Castellet, cidade próxima a Marseille, o dia ensolarado e o clima ótimo marcaram o primeiro treino livre no Circuito Paul Ricard, o qual, por sua vez, não participa do campeonato há 28 anos. 

Na primeira sessão do dia, destaque para a dobradinha da Mercedes, com Lewis Hamilton na liderança, seguido por Valtteri Bottas. Daniel Ricciardo, da RBR, ficou com o terceiro melhor tempo.

Bahia bate o Ceará, finda jejum e abre vantagem no Nordestão

Membros da zona de rebaixamento no Campeonato Brasileiro da Série A, Ceará e Bahia entraram em campo na noite dessa quinta-feira de olho em uma vaga na grande final da Copa do Nordeste. Na Arena Castelão, em Fortaleza, o Tricolor levou a melhor e venceu o Vozão por 1 a 0 com gol de Élber, levando assim, vantagem para o confronto de volta, marcado para terça-feira, às 21h45 (de Brasília), na Fonte Nova, em Salvador.

Além da importância do resultado para o duelo em si, o triunfo dos baianos acabou com jejum de vitórias da equipe como visitante. Desde 29 de março o Bahia não vencia longe de seus domínios. Na ocasião, superou o Botafogo-PB em João Pessoa e conquistou vaga justamente às quartas de final do Nordestão.

Quem confirmar a ida à final na terça-feira terá de esperar dois dias para conhecer seu adversário. ABC e Sampaio Corrêa fazem a outra semifinal e decidem a vaga em Natal depois da vitória dos maranhenses por 1 a 0 no primeiro encontro.