Blog Esportivo do Suiço

Blog Esportivo do Suiço

segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

Votação popular deixa Hamilton apenas em 6º como desportista britânico de 2017

O campeão da Fórmula 1 em 2017, Lewis Hamilton, viu cinco nomes ficarem à sua frente na tradicional votação popular realizada pelo canal "BBC" para eleger o desportista britânico do ano. Tetracampeão mundial da categoria de automobilismo, tornando-se, nesta temporada, o recordista de poles positions e de largadas na primeira posição, Hamilton recebeu 60.627 votos. O fundista Mo Farah foi eleito o preferido dos torcedores com 83.524 votos.

O campeão mundial dos 10 mil metros não pôde participar do evento em Liverpool, mas marcou presença para o recebimento do prêmio através de um link. Nas casas de apostas da Inglaterra, ele era o terceiro nome mais cotado para ser o vencedor. No seu discurso, afirmou estar “chocado” e disse que não havia preparado nada para falar.

Estreia brasileira na Copa Davis será no piso duro em Santo Domingo

A estreia do Brasil no Zonal Americano I da Copa Davis em 2018 já tem data e local para acontecer. Os jogos diante da República Dominicana serão disputados em quadra de piso duro no Club Deportivo Naco, em Santo Domingo, nos dias 2 e 3 de fevereiro do ano que vem.

A disputa entre brasileiros e dominicanos será inédita em confrontos de Copa Davis e a quadra principal do complexo escolhido para as partidas tem capacidade para 2.000 espectadores.

A partir de 2018, a ITF promoverá uma mudança significativa nas regras dos zonais. Os confrontos dessa fase serão disputados em apenas dois dias, uma sexta-feira e um sábado, e não mais em três como no Grupo Mundial. Além disso os jogos serão em melhor de três sets e os times podem convocar cinco jogadores.

LeBron James comanda vitória dos Cavs sobre os Wizards

Como já era de se esperar, o grande nome do jogo entre Cleveland Cavaliers e Washington Wizards, na noite deste domingo, foi o ala LeBron James. Fora de casa, na arena Capital One, o jogador dos Cavs comandou a vitória da equipe contra os anfitriões por 106 a 99.

“King” James assumiu a responsabilidade da partida e anotou o terceiro triplo-duplo seguido, sendo o quarto nos últimos cinco jogos, com 20 pontos, 15 assistências e 12 rebotes.

Além do triplo-duplo, LeBron James ainda bateu um recorde pessoal importantíssimo neste domingo. O ala dos Cavs ultrapassou Hakeem Olajuwon, um dos maiores jogadores da história da NBA, na lista de “Field Goals”. Agora, James ocupa a nona colocação, com 10,750 pontos, enquanto Kareem Abdul-Jabar lidera o Top 10, com 15,837.

Com a vitória dos Cavs sobre os Wizards, a franquia de Cleveland segue sua caça ao líder Boston Celtics. Os Cavs ocupam a segunda colocação da Conferência Leste, com 22 vitórias, uma vitória em prorrogação e oito derrotas, em 31 jogos realizados. Já os Wizards possuem 16 vitórias em 30 partidas, e ocupam a oitava colocação da Leste – última vaga que garante participação nos playoffs.

domingo, 17 de dezembro de 2017

Com backflip, Gabriel Medina vence Josh Kerr no finzinho e avança ao quarto round

Após iniciar o domingo derrotando Dusty Payne com autoridade e um show de tubos na repescagem (2ª fase), o brasileiro Gabriel Medina subiu mais um degrau em sua busca pelo bicampeonato mundial. Ele desbancou Josh Kerr, da Austrália, no round 3 e garantiu sua classificação para a próxima fase. Mas não foi sem emoção. Depois de uma bateria dura com o australiano no controle a maior parte do tempo, o paulista de Maresias conseguiu a virada bem no finzinho com um backflip. A manobra não teve a descida perfeita, mas valeu a nota que ele precisava para se garantir no quarto round.

Principal rival de Gabriel Medina na luta pelo título da temporada, o havaiano John John Florence conseguiu desbancar Ethan Ewing na água, mas foi de forma polêmica. A disputa, que no início estava sendo dominada pelo havaiano, ficou emocionante no finzinho. O australiano recebeu duas notas que pareceram baixas por duas boas ondas e não conseguiu, por muito pouco, ultrapassar o adversário. Dessa forma, John John se garantiu no quarto round com somatório de 10.87 contra 10.80 do rival. 

Baterias do terceiro round:
1: Julian Wilson (AUS) 15.26 x Ezekiel Lau (HAW) 8.34
2: Conner Coffin (EUA) 14.03 x Mick Fanning (AUS) 12.60
3: Ian Gouveia (BRA) 8.60 x Matt Wilkinson (AUS) 6.83
4: Joel Parkinson (AUS) 8.50 x Miguel Pupo (BRA) 5.47
5: Caio Ibelli (BRA) 10.13 x Michel Bourez (PYF) 6.57
6: John John Florence (HAW) 10.87 x Ethan Ewing (AUS) 10.80
7: Adrian Buchan (AUS) 2.26 x Jeremy Flores (FRA) 6.60
8: Gabriel Medina (BRA) 10.00 x Josh Kerr (AUS) 9.83
9: Kolohe Andino (EUA) 4.17 x Italo Ferreira (BRA) 10.26
10: Adriano de Souza (BRA) 6.13 x Leonardo Fioravanti (ITA) 15.87
11: Connor O'Leary (AUS) 9.73 x Kanoa Igarashi (EUA) 13.34
12: Jordy Smith (ZAF) 7.87 x Kelly Slater (EUA) 11.87

Confira as baterias da 4ª fase:
1: Julian Wilson (AUS) x Conner Coffin (EUA) x Ian Gouveia (BRA)
2: Joel Parkinson (AUS) x Caio Ibelli (BRA) x John John Florence (HAV)
3: Jeremy Flores (FRA) x Gabriel Medina (BRA) x Italo Ferreira (BRA)
4: Leonardo Fioravanti (ITA) x Kanoa Igarashi (EUA) x Kelly Slater (EUA)

Bencic fecha o ano com título de ITF em Dubai

Recém retornada ao circuito, a suíça Belinda Bencic encerrou a temporada 2017 com um triunfo no ITF de US$ 100,000 mais hospedagem de Dubai. A vitória veio diante da croata Ajla Tomljanovic. Bencic conquistou a vitória sobre Tomljanovic na final após vencer o primeiro set por 6/4 e sua adversária abandonar a partida. Esta foi a segunda vitória da suíça sobre a croata em três duelos na carreira.

A conquista em Dubai foi a terceira seguida de Bencic neste final de temporada, tendo conquistado anteriormente os ITF US$ 100,000 de São Petersburgo e os 125K Series de Hua Hin e Taiwan. As conquistas levaram Bencic de volta ao posto de número 74 do ranking.

Em duelo equilibrado, Paulistano bate Liga Sorocabana e sobe uma posição no NBB

Em jogo isolado do Novo Basquete Brasil (NBB) neste domingo, o Paulistano visitou o Liga Sorocabana e descolou vitória importante na competição. Jogando no ginásio Gualberto Moreira, o Paulistano se impôs em quadra e, mesmo com muita luta do Sorocabana, venceu pelo placar de 78 a 75.

Pelo lado do Paulistano, Jhonatan foi o melhor jogador, com 15 pontos anotados, além de sete rebotes e duas assistências. Já o Liga Sorocabana, mesmo com a derrota, teve o cestinha da partida: o ala norte-americano Anton Cook marcou 17 pontos.

O time da capital, atual campeão paulista, aproveitou sua boa fase no nacional – quatro vitórias nos últimos cinco jogos – para bater um rival que tentava acabar com um incômodo jejum de sete jogos seguidos sem vitórias. Com a vitória, o CAP chegou ao seu quinto triunfo em oito jogos e subiu uma posição na tabela: agora é o sexto colocado, superando o Franca.

A Liga Sorocabana ainda faz mais um jogo este ano e volta a atuar em casa na próxima sexta-feira (22), às 20h, quando recebe o Pinheiros. Já o Paulistano tem mais dois compromissos em 2017, ambos no Rio de Janeiro: na quinta-feira (21), às 20h, encara o Botafogo no ginásio Oscar Zelaya, e no sábado (23), às 11h, enfrentar o Vasco da Gama no ginásio de São Januário.

Messi passa em branco, mas Paulinho faz dois e Barça dispara

Antes de entrar em campo nesse sábado, Lionel Messi recebeu a chuteira de ouro pela artilharia europeia na temporada 2016/2017. Com a bola rolando, no entanto, não era o dia do argentino. Foram nada menos que três bolas na trave e um pênalti perdido. Mesmo assim, o Barcelona passeou no Camp Nou. Com dois gols de Paulinho e outros dois de Suárez, a equipe da Catalunha goleou o Deportivo La Coruña por 4 a 0 e disparou na liderança do Campeonato Espanhol.

Agora, o Barça soma 42 pontos, seis à frente do vice-líder Atlético de Madrid e 11 pontos acima do Real Madrid, que tem um jogo a menos e terá de correr atrás do prejuízo depois de se consagrar campeão Mundial no sábado. Já o La Coruña estaciona nos 15 pontos, apenas uma posição acima da zona de rebaixamento.

Com show de tubos, Medina derrota havaiano em Pipeline e avança ao 3º round

Gabriel Medina segue vivo em sua jornada rumo ao bicampeonato mundial. Neste domingo, ele entrou na água na mítica praia de Pipeline, onde tornou-se o primeiro brasileiro campeão do mundo em 2014, para participar da repescagem. Ou seja, só a vitória interessava. 

E ele não decepcionou. Encarou o forte surfista local Dusty Payne com intensidade desde o início da disputa e saiu vitorioso, garantindo a vaga na terceira rodada sob aplausos do público presente no Havaí. Com um show de tubos, o surfista de Maresias ficou com somatório de 15.33, sendo uma das notas um 9.00, a melhor da bateria, contra 8.50 do adversário.

Baterias da repescagem (2ª fase):
1: Gabriel Medina (BRA) 15.33 x 8.50 Dusty Payne (HAV)
2: Owen Wright (AUS) 10.77 x 11.54 Ethan Ewing (AUS)
3: Julian Wilson (AUS) 8.56 x 6.87 Benji Brand (HAV)
4: Matt Wilkinson (AUS) x Stuart Kennedy (AUS)*
5: Adriano de Souza (BRA) 11.93 x 8.33 Jadson Andre (BRA)
6: Kolohe Andino (EUA) 17.10 x 14.96 Jack Freestone (AUS)
7: Filipe Toledo (BRA) 11.30 x 13.40 Ian Gouveia (BRA)
8: Sebastian Zietz (HAV) 10.00 x 13.17 Leonardo Fioravanti (ITA)
9: Joel Parkinson (AUS) 6.10 x 5.13 Wiggolly Dantas (BRA)
10: Mick Fanning (AUS) 8.90 x 8.87 Bede Durbidge (AUS)
11: Frederico Morais (POR) 6.00 x 12.67 Kanoa Igarashi (AUS)
12: Michel Bourez (TAH) 16.40 x 6.54 Joan Duru (FRA)

*Stuart Kennedy desistiu devido à lesão, e Wilkinson está na terceira rodada

Zenit Kazan derrota o Civitanova e conquista seu primeiro Mundial de Clubes

Com um time recheado de estrelas do vôlei mundial e grande favorito, o Zenit Kazan, da Rússia, confirmou as expectativas e conquistou o Mundial de Clubes de Vôlei Masculino pela primeira vez na história. O título dos russos veio com uma expressiva vitória por três sets a zero sobre o Civitanova, da Itália, com parciais de 27-25, 25-22 e 25-22.

Na decisão contra o Civitanova, o destaque ficou por conta do ponteiro cubano Léon, que virou 18 pontos para o Zenit.

Ainda assim ele não foi o maior pontuador do jogo, ficando atrás do compatriota Juantorena, do time italiano, que anotou 20 pontos e foi o líder no quesito.

Coutinho e Firmino mantêm grande fase e Liverpool goleia

Já virou rotina: se o Liverpool faz uma grande partida, e Phillippe Coutinho é o maior responsável pela boa atuação. Este foi novamente o caso neste domingo, em que os Reds venceram o Bournemouth fora de casa por 4 a 0, com um tento do meia, que ainda acertou a trave, um de Lovren, um de Salah e outro de Roberto Firmino.

Após poupar seus principais jogadores no último jogo da Premier League – em que empatou com o West Bromwich -, Jurgen Klopp voltou a colocar os astros do Liverpool. Assim, a diferença no nível de atuação foi gritante e os números comprovam isso. Somados, Phillippe Coutinho, Salah e Firmino somam 25 gols no Campeonato Inglês, 14 do egípcio, seis do atacante e cinco do brasileiro.

Com a vitória, o Liverpool subiu para a quarta colocação, com 34 pontos ganhos, o que o classificaria para a próxima Uefa Champions League. Na próxima rodada, sexta-feira, às 17h45 (de Brasília), o time vermelho volta a campo mais uma vez fora de casa, no Emirates Stadium, no clássico contra o Arsenal.

Com brasileiros, Lokomotiv vence time iraniano e fatura Mundialito

O Lokomotiv é o grande campeão do V Mundialito de Clubes de Beach Soccer, que aconteceu em Vargem Grande Paulista, no interior de São Paulo. Enfrentando o Pars Janoobi, do Irã, na grande decisão, os russos fizeram prevalecer o status de uma das melhores equipes do mundo e superaram os rivais por 5 a 4.

Contando com um bom público na arena montada na região metropolitana de São Paulo, Lokomotiv e Pars Janoobi travaram um duelo equilibrado, porém, o fato de os russos contarem com alguns jogadores brasileiros fez a diferença, já que dois dos cinco gols da equipe foram marcados por atletas nascidos no país (Ozu, que é naturalizado japonês, e Nelito). Os outros tentos do Lokomotiv foram de autoria de Makarov, Stankovic e Nikoronov. Do outro lado, Mirshikari, Kiani, Akbari e Mesigar balançaram as redes.

Apesar de o Brasil ser considerado o país do Beach Soccer, os clubes anfitriões não conseguiram disputar o título. Corinthians e Flamengo foram os que chegaram mais perto, entretanto, o Timão foi superado na semifinal pelo Lokomotiv por 5 a 3, enquanto o Rubro-Negro carioca acabou caindo diante do Pars Jonoobi por 6 a 4.

Cruzeiro vence Belchatow por 3 a 0 e fica em terceiro no Mundial de Clubes

O Cruzeiro conquistou o terceiro lugar no Mundial de Clubes de Vôlei Masculino, disputado na Polônia. Neste domingo, na Tauron Arena, em Cracóvia, a equipe venceu os poloneses do Belchatow por 3 sets a 0.

O Cruzeiro se impôs desde o começo do jogo na Polônia. O primeiro set foi vencido por 25 a 19. No segundo, o time mineiro fez 25 a 18. Para fechar a partida e garantir a medalha de bronze no torneio, o Cruzeiro ganhou o terceiro set por 25 a 13.

Em seis participações do Mundial de Clubes, essa foi a segunda vez que o time não chegou à decisão. Em 2014, foi quarto colocado. Nas quatro finais disputadas, o Cruzeiro foi campeão em 2013, 2015 e 2016. Em 2012, a equipe foi vice.

Na estreia, o Cruzeiro perdeu para o Civitanova, da Itália, por 3 sets a 0. Na segunda rodada, a reação veio com um triunfo por 3 a 0 sobre o Teerã, do Irã. No fechamento da fase de classificação, outra vitória por 3 a 0, agora sobre o Zaksa, da Polônia. Na semifinal, o Cruzeiro acabou derrotado pelo Zenit Kazam, da Rússia, por 3 sets a 0.

Maria Portela é ouro no World Masters, e Brasil leva mais três medalhas na Rússia

Maria Portela foi o destaque do Brasil no segundo e último dia de disputas no World Masters, neste domingo, em São Petersburgo, na Rússia. A judoca brasileira encerrou o ano de 2017 no alto do pódio após garantir o ouro na categora até 70kg.

Para conquistar sua inédita medalha de ouro, Maria Portela venceu cinco lutas. Na final, venceu com muita categoria por ippon a croata Barbara Matic. Na estreia, bateu Gulnoza Matniyazova (UZB) por ippon e, nas quartas, superou a austríaca Michaela Polleres com um waza-ari no golden score. Na semifinal, a brasileira passou pela sueca Anna Bernholm por um waza-ari.

O Brasil ainda conquistou medalhas com David Moura (prata), Rafael Silva (bronze) e Maria Suelen (bronze). Com isso, o país deixa a Rússia com cinco medalhas no total, uma vez que Érika Miranda também havia faturado o bronze no sábado.

Quem também esteve perto do ouro foi David Moura. O judoca pesado (+100kg) perdeu por ippon na final para o judoca da Geórgia Tushishvili (GEO) e ficou com a prata. Na mesma categoria, Rafael Silva, o "Baby", venceu o atleta da Mongólia Temuulen Battulga, que tomou três punições, e garantiu um lugar no pódio.

United vence no sufoco e segue buscando se aproximar de City

Mesmo vendo o seu rival fazendo uma temporada sensacional, o Manchester United não diminui o seu ritmo para buscar uma conquista do Campeonato Inglês. Neste domingo, os Diabos Vermelhos derrotaram o West Bromwich fora de casa pelo placar de 2 a 1 em duelo válido pela 18 rodada da competição inglesa.

Os gols anotados pelos visitantes foram marcados no primeiro tempo. O goleador belga Lukaku abriu o placar com uma forte cabeçada aos 26 minutos. Dez minutos mais tarde, Lingard ampliou a vantagem. Aos 31 minutos da segunda etapa, Barry descontou para os donos da casa.

Com seus três pontos conquistados, a equipe de José Mourinho chegou aos 41 pontos, 11 a menos que o seu rival de cidade que lidera de maneira isolada.

Kaká anuncia aposentadoria e diz que vai estudar para ser dirigente

Já estava difícil, mas agora é oficial: o São Paulo não contará com o futebol de Kaká na próxima temporada. Neste domingo, em entrevista à TV Globo, o pentacampeão mundial e eleito o melhor jogador do mundo em 2007 anunciou que não seguirá atuando como jogador profissional aos 35 anos. Agora, a tendência é que ele comece a estudar para assumir um cargo diretivo no Milan, que recentemente o convidou para trabalhar na Itália caso decidisse se aposentar.

No Morumbi, em uma noite fria, o que o fez vestir um agasalho, o melhor jogador do mundo de 2007 revelou a Galvão Bueno que a camisa do Orlando City, dos Estados Unidos, foi a última que ostentou como atleta. Além da seleção brasileira, pela qual jogou três Copas e ganhou a de 2002, como meia-atacante ele também atuou por São Paulo, Milan, Real Madrid e Orlando.

Celtics perdem para o Jazz e veem Cavaliers se aproximarem no briga pelo Leste

A liderança da Conferência Leste continua com os Celtics. Porém, o time verde vê o Cleveland Cavaliers crescer a cada semana no retrovisor. A diferença entre os dois ficou ainda menor nesta sexta-feira, com mais uma derrota do Boston - a terceira nas últimas cinco partidas. Mesmo jogando em casa e com 33 pontos de Kyrie Irving, os Celtics não conseguiram segurar o Utah Jazz de Ricky Rubio e Donovon Mitchell e perderam por 107 a 95.

Foi a sétima derrota do Boston Celtics, que tem 24 vitórias na temporada e segue na ponta do Leste. Os Cavaliers, que venceram 16 dos últimos 17 compromissos, aparecem logo na sequência, com 21 vitórias e oito derrotas. O Toronto Raptors é o terceiro colocado, com campanha de 19-8.

Rafael dos Anjos dá aula contra Lawler e cobra promessa de disputa de cinturão

Ex-campeão dos pesos-leves (até 70,3kg), o brasileiro Rafael dos Anjos comprovou mais uma vez na madrugada deste domingo que tomou a decisão correta ao subir para os pesos-meio-médios (até 77,1kg).

Contra um ex-campeão da categoria e segundo colocado do ranking, o americano Robbie Lawler, o lutador niteroiense teve uma atuação maestral, que lembrou a que lhe garantiu o cinturão do Ultimate em 2015 contra Anthony Pettis, e conquistou a vitória por decisão unânime (triplo 50-45), sem perder nenhum round, no evento principal do "UFC: Lawler x Dos Anjos", em Winnipeg, Canadá.

É a terceira vitória consecutiva de Rafael, todas sobre adversários bem ranqueados, e ele cobrou de Dana White, presidente do UFC, sua promessa de ser o próximo desafiante ao campeão Tyron Woodley.

Eu acabei de ganhar do cara mais duro da divisão. Acho que pela minha história na organização e pelo que fiz hoje, mereço a chance pelo cinturão - afirmou Rafael dos Anjos.

sábado, 16 de dezembro de 2017

No Mineirão, Brasil atropela a Argentina no futebol americano: 38 a 0

No palco dos 7 a 1 na semifinal da Copa do Mundo, o Brasil atropelou seu maior rival neste sábado. Não, não valia final, como no Mundial de 2014, sequer o jogo foi disputado na mesma modalidade. A vitória do Brasil, neste sábado, foi no futebol americano, no Mineirão: 38 a 0.

Muito diferente da rivalidade no futebol, o primeiro amistoso entre os dois países terminou em paz. E os jogadores das duas seleções receberam medalhas ao fim da partida.

Na volta de Murilo, Sesi-SP domina o Sesc Rio na Superliga

A noite era de estreia. Após oito meses suspenso por doping, Murilo voltou a jogar em uma nova posição. Agora líbero, o medalhista olímpico compôs bem a defesa de um time que se garantiu no ataque. Com destaque para Alan e Lipe, eleito o melhor em quadra, o Sesi-SP dominou o Sesi Rio, na Vila Leopoldina, no último jogo do 1º turno da Superliga masculina. Apesar de um apagão no terceiro set, o time da casa conquistou uma vitória realativamente tranquila por 3 sets a 1, com parciais de 25/17, 25/20, 16/25 e 25/18.

Quem se beneficiou com este resultado foi o Cruzeiro. Fora da final do Mundial de Clubes, o time mineiro ao menos pôde comemorar a manutenção da liderança da Superliga ao final do turno. Os comandados de Marcelo Mendez somam 30 pontos, com 10 vitórias em 11 jogos. O Sesc segue em segundo, com 28 pontos, enquanto o Sesi é o quarto, agora com 24.

As duas equipes voltam à quadra no dia 21 de dezembro, próxima quinta-feira. Na primeira rodada do returno, o Sesi-SP recebe o Maringá às 19h, enquanto o Sesc Rio visita o Taubaté às 21h30 (horários de Brasília).

Pinheiros bate o Vitória e volta a assumir a liderança do NBB

O Pinheiros perdeu sua invencibilidade no Novo Basquete Brasil (NBB) na última semana, quando foi derrotado pelo Bauru. Neste sábado, jogando em casa, no ginásio Henrique Villaboim, o Pinheiros recebeu a visita do Vitória com o objetivo de retomar a liderança do NBB, e não fez feio: vitória por 80 a 77.

No jogo deste fim de semana, o norte-americano Holloway foi o destaque do Pinheiros, com 22 pontos marcados, além de cinco rebotes e cinco assistências. Pelo lado do Vitória, o também norte-americano Okorie foi o principal nome da equipe, com 19 pontos e cinco assistências.

Depois da derrota para o Bauru, o Pinheiros passou a ser pressionado pelo Mogi das Cruzes, que possui o mesmo aproveitamento que os pinheirenses, mas fica atrás nos critérios de desempate. Com a vitória neste sábado diante o clube baiano, o Pinheiros possui oito vitórias e uma derrota, em nove duelos realizados.