Blog Esportivo do Suiço

Blog Esportivo do Suiço

sábado, 26 de maio de 2018

Palmeiras perde pênalti no último lance e cai de virada para o Sport

O Palmeiras, assim como fez contra o América-MG no meio de semana, decepcionou a sua torcida durante a noite deste sábado. Jogando diante de quase 26 mil espectadores no Allianz Parque, o time alviverde foi derrotado pelo Sport por 3 a 2, de virada, em duelo válido pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro. Os gols do Verdão foram anotados por Keno e Hyoran, enquanto Anselmo (2) e o ex-palmeirense Rafael Marques marcaram pela equipe pernambucana.

Keno deixou o Palmeiras em vantagem em um primeiro tempo bastante morno. Mas o segundo tempo foi totalmente diferente. Anselmo marcou duas vezes e virou o jogo para o Sport. O Verdão empatou com um golaço de Hyoran. Logo em seguida, Rafael Marques fez o terceiro do Leão. Aos 51 minutos, Raul Prata foi expulso ao fazer pênalti em Dudu. Keno bateu, e Magrão pegou.

Na próxima rodada, Palmeiras e Sport enfrentarão duas equipes de Minas Gerais. Na quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), o Verdão buscará se reabilitar diante do Cruzeiro, no Mineirão. No mesmo dia, mas a partir das 19h30, o Leão tentará se manter em ascensão contra o Atlético-MG na Ilha do Retiro.

Casemiro e Marcelo tornam-se os brasileiros mais vencedores da Liga

O lateral esquerdo Marcelo e o volante Casemiro, do Real Madrid, tornaram-se neste sábado, após a vitória do Real Madrid por 3 a 1 sobre o Liverpool, os brasileiros com o maior número de títulos da Liga dos Campeões na história. Com a quarta conquista, celebrada no período de cinco anos, eles superaram Roberto Carlos, Sávio e Daniel Alves, donos de três taças. 

“Fico muito feliz de estar nesse grupo junto com o Casemiro, acredito que essa equipe conquistou algo impensável. Vamos comemorar bastante para aproveitar”, comentou Marcelo, sucessor de Roberto na lateral do Real Madrid. Roberto e Sávio celebraram com o Real em 1998, 2000 e 2002. Dani ganhou com o Barça em 2009, 2011 e 2015.

Brasil conquista duas medalhas na etapa de Eugene da Diamond League

O brasileiro Almir dos Santos estreou na Diamond League com o pé direito, neste sábado. Dono da terceira melhor marca no salto triplo, com 17,35m, o atleta garantiu vaga no pódio da disputa que acontece em Eugene, nos EUA. Mesma posição de Darlan Romani, que atingiu a melhor marca da carreira com 21,95m no arremesso do peso.

Almir chegou a dominar a prova, mas na etapa final foi superado pelos donos da casa. Enquanto o bicampeão olímpico Christian Taylor ficou com 17,73m, o campeão mundial indoor Will Claye fez 17,46m para subirem nos lugares mais altos.

Atlético de Alagoinhas faturou o título da Série B e é o novo integrante da elite do Baianão

Acabou o mistério. O torcedor baiano conheceu, neste sábado (26), o mais novo integrante da elite do futebol do estado. A festa é do Alagoinhas Atlético Clube. O Carcará arrancou um empate de 1 a 1 com o PFC-Cajazeiras e faturou o título da Série B do Baianão 2018.

No jogo de ida, em Pituaçu, as equipes empataram sem gols. O novo empate garantiu o acesso ao time de Alagoinhas que fez melhor campanha na primeira fase. O Cajazeiras abriu o placar com William, ainda no primeiro tempo. Hércules, no segundo tempo, empatou para o Atlético.

Com dois de Pedro, Fluminense bate a Chapecoense pela primeira vez na história

O Fluminense derrotou por 3 a 1 a Chapecoense, neste sábado, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro. Além de assumir provisoriamente a liderança da Série A com 13 pontos, os tricolores acabaram com o jejum de nunca terem vencido o adversário. Os cariocas vão perder a ponta nesta noite, pois será ultrapassado por Atlético-MG ou Flamengo, que se enfrentam em Belo Horizonte. 

Os catarinenses, com seis, podem voltar a zona de rebaixamento. Os donos da casa abriram vantagem no primeiro tempo, com gols de Pedro e Marcos Júnior. Na etapa final, a Chapecoense diminuiu com Arthur, mas o Fluminense garantiu a vitória com gol no fim, mais uma vez com Pedro. 

Na próxima rodada, o Fluminense terá pela frente o Grêmio, na quarta-feira, em Porto Alegre. No mesmo dia, a Chapecoense recebe o Ceará, na Arena Condá.

Bicicleta de Bale e falhas de goleiro dão a Champions pela 13ª vez ao Real Madrid

O Real Madrid é frio e calculista. E também contou com muita ajuda dos goleiros adversários para assegurar o seu terceiro título consecutivo da Liga das Campeões. Depois de Ulreich falhar feio pelo Bayern na semifinal, foi a vez de Karius, do Liverpool, em dois lances bisonhos, selar o 3 a 1 dos merengues e praticamente entregar o título para os espanhóis neste sábado, em partida disputada no estádio Olímpico de Kiev, na Ucrânia.

Os gols da equipe de Madri foram marcados por Benzema e Bale, duas vezes, enquanto Mané descontou para os ingleses. O primeiro tento saiu quando o francês interceptou uma saída de bola do goleiro com as mãos, vendo a redonda ir para o gol vazio. Pouco depois, Mané desviou cabeçada de Lovren e deixou tudo igual.

Quando estava com o moral alto, no entanto, o Liverpool viu Bale acertar um chute improvável, quase de bicicleta, na única vez em que Karius nada pôde fazer. O arqueiro, no entanto, voltou a aparecer evitando uma reação final: aos 39, em chute de muito longe de Bale, o alemão tentou agarrar e viu a bola escapar entre os seus dedos, selando o triunfo rival.

Com o triunfo, o Real ganhou a sua 13ª taça da competição, cada vez mais longe dos seus perseguidores. Os merengues ainda igualam um feito repetido apenas pelo próprio clube, nos anos 1950, quando o time foi pentacampeão, o Ajax de Cruyff e o Bayern de Gerd Muller, ambos também tricampeões.

Depois de incidente, Kevin Love está fora da decisão da Leste

Kevin Love está fora da última partida entre Cleveland Cavaliers e Boston Celtics, neste domingo. O atleta apresentou sintomas de concussão e, por isso, não participará da decisão da Conferência Leste da NBA. O anúncio foi feito neste sábado pela equipe norte-americana de Ohio. Em nota, o time explicou que o atleta entrou no protocolo da liga e, por isso, foi afastado. Caso o time vença e avance na luta pelo título, Love deve ter quadro reavaliado.

No sexto embate da final, na noite dessa sexta-feira, o camisa 0 dos Cavs atuou apenas cinco minutos. Isso porque ele sofreu choque com o rival Jayson Tatum, bateu a cabeça e ficou o resto da partida fora.

Guto Ferreira terá cinco desfalques para escalar o Bahia contra o Vasco

Depois de um último trabalho, o Bahia encerrou a preparação para o jogo diante do Vasco, neste domingo, às 16h (de Brasília), na Arena Fonte Nova. A atividade confirmou o que já era esperado e serão cinco as ausências com as quais Guto Ferreira terá de lidar para escalar o time. Depois da derrota por 3 a 0 para o Palmeiras na última rodada do Brasileiro, o Tricolor de Aço tenta a recuperação na competição.

O comandante do Bahia não contará com os goleiro Douglas, o atacante Edigar Junio e o lateral Léo, todos vetados pelo departamento médico. Além deles, Marco Antonio e Becão, mesmo em fase final de recuperação, seguem fora.

Goleiros: Anderson e Fernando
Laterais: João Pedro, Mena e Nino
Zagueiros: Everson, Grolli, Lucas Fonseca e Tiago
Meio-campistas: Allione, Edson, Elton, Felipe, Flávio, Gregore, Nilton, Régis, Vinicius e Zé Rafael
Atacantes: Elber, Ítalo, Júnior Brumado e Kayke

Pavlyuchenkova salva 2 match-points e é campeã em Estrasburgo

A final do WTA de Estrasburgo neste sábado foi uma verdadeira batalha entre Anastasia Pavlyuchenkova e Dominika Cibulkova, respectivamente cabeças de chave 3 e 5. A russa levou a melhor em uma virada suada, com três tiebreaks e 3h35 de duração, selando a vitória sobre a eslovaca com o placar final de 6/7 (5-7), 7/6 (7-3) e 7/6 (8-6). 

No 11º encontro entre as duas, Pavlyuchenkova ignorou o retrospecto negativo e tratou de superar a pequenina eslovaca pela quarta vez, fechando o jogo com 13 aces, 73 bolas vencedoras e 49 erros não forçados. Do outro lado, Cibulkova anotou seis aces, 34 winners e 49 erros não forçados e terminou a partida com apenas dois pontos a menos do que a vencedora (136 a 134).

Com defesa forte e bolas de três, Paulistano bate Mogi e fica perto do título do NBB

O Paulistano está a um passo do inédito título do Novo Basquete Brasil. Em duelo emocionante e com um último quarto frenético também do lado de Mogi, a equipe manteve o mando de quadra, derrotou os mogianos no Ginásio Wlamir Marques por 88 a 84 e abriu 2 a 1 na série decisiva do NBB 10.

Se não aproveitou os arremessos de dentro do perímetro, neste sábado a equipe da capital esteve com a mão quente fora dele. E marcou muito. Com a posse, meteu 15 bolas de três em 29 tentadas, aproveitamento de 51,7%. E sem ela segurou os mogianos, o que garantiu o triunfo e deixou o time a uma vitória da taça.

Como característica da temporada, a velocidade na transição surtiu efeito, mas a defesa do Paulistano também teve papel fundamental, vigiando de perto Shamell, Larry e Tyrone. Lá na frente, Yago, Elinho, Deryk e Hubner foram os destaques do time que teve oito jogadores com no mínimo oito pontos.

Mogi, apesar do revés, igualou as ações em grande parte do tempo com aceitável aproveitamento da linha de dois. Tyrone e Shamell foram novamente o desafogo ofensivo. Hubner foi o cestinha do Paulistano com 14 pontos, e Tyrone anotou 20 para Mogi.

O jogo 4 acontece no próximo sábado, às 14h, em Mogi, no Ginásio Hugo Ramos. Caso necessário, o quinto encontro será no sábado seguinte, dia 9 de junho, desta vez novamente no Ginásio Wlamir Marques, no Corinthians, também às 14h.

Paulistano 2 x 1 Mogi
Jogo 1 - 19/05 - Mogi 82 x 99 Paulistano - Ginásio Hugo Ramos
Jogo 2 - 24/05 - Paulistano 70 x 84 Mogi - Ginásio Wlamir Marques
Jogo 3 - 26/05 - Paulistano 88 x 84 Mogi - Ginásio Wlamir Marques
Jogo 4 - 02/06 - Mogi x Paulistano - Ginásio Hugo Ramos, às 14h
Jogo 5 - 09/06 - Paulistano x Mogi - Ginásio Wlamir Marques, às 14h (se necessário)

Dolgopolov desiste e Nadal pega italiano em Roland Garros

O adversário da estreia do espanhol Rafael Nadal em Roland Garros mudou neste sábado. Maior campeão do Grand Slam francês com suas 10 conquistas, o canhoto de Mallorca iria abrir campanha contra o ucraniano Alexandr Dolgopolov, mas este desistiu da competição e foi substituído pelo italiano Simone Bolelli, que entrou como lucky-loser. 

Atual 130 do mundo, o italiano de 32 anos foi derrotado pelo colombiano Santiago Giraldo na última rodada do quali, mas se aproveitou da saída de Dolgopolov para entrar na chave principal. Será a segunda vez que ele enfrentará Nadal na primeira rodada no saibro parisiense e a quinta no geral, tendo perdido todos os duelos e faturado apenas um set.

No tie break, Brasil perde para Itália no segundo jogo da Liga das Nações

No início, um desempenho exemplar. Aos poucos, porém, as falhas saltaram aos olhos. Na reedição da última final olímpica, o Brasil se mostrou instável contra a Itália. Venceu o primeiro set com autoridade, mas passou a sofrer com Zaytsev, o astro "bad boy" dos rivais.

A seleção de Renan Dal Zotto ainda conseguiu, na marra, forçar o tie-break. Mas a reação parou por ali. No fim, os italianos impuseram a primeira derrota dos brasileiros na Liga das Nações: 3 sets a 2, parciais 18/25, 25/19, 25/21, 24/26 e 15/8.

Zaytsev foi o grande nome do jogo. Terminou a partida com incríveis 32 pontos - só foi ser parado pelo bloqueio brasileiro no quarto set. Juantorena, outro craque italiano, também foi bem: 17 pontos. Pelo Brasil, Maurício Borges, com 19, e Evandro, com 17, apesar de irregulares, foram os principais jogadores.

Renan quis usar o jogo para fazer mudanças. Foi à quadra com um time diferente da estreia. Murilo, Maurício Souza e Wallace deram seus lugares a Thales, Isac e Evandro. Todos começaram bem. Mas, como todo o time, sofreram com a instabilidade durante a partida.

A seleção brasileira volta à quadra neste domingo. Em busca de sua segunda vitória na Liga, a seleção encara a Alemanha em Kraljevo, os times se enfrentam às 11h. A Itália vai à quadra mais tarde, às 14h, contra a Sérvia.

Corinthians vence São Paulo e larga na frente na final da Copa do Brasil sub-20

Buscando o título inédito da Copa do Brasil sub-20, o Corinthians largou com o pé direito. Pelo primeiro jogo da grande final, o Timão recebeu na manhã deste sábado na Arena Corinthians o time do São Paulo, e com torcida única alvinegra, venceu pelo placar de 2 a 1. A equipe de Dyego Coelho venceu graças à ótima organização tática apresentada, que anulou a tentativa de pressão do Tricolor. 

O segundo jogo da decisão da sétima edição do torneio acontece no próximo sábado, no mesmo horário da partida de ida, às 10h45 (de Brasília), no estádio do Morumbi. Vale lembrar que não há gol qualificado, e em caso de número de gols iguais nos 180 minutos, o título será decidido nos pênaltis. 

Assim, o Tricolor, que vai em busca do tricampeonato, precisa vencer por dois ou mais gols de diferença para garantir a taça direto, ou por um gol de diferença para mandar para as penalidades máximas. O Corinthians, com o triunfo no primeiro clássico, tem a vantagem do empate.

Thiem luta, consegue virada em Lyon e leva seu 10º título

No último teste antes de Roland Garros, o austríaco Dominic Thiem finalmente conseguiu faturar uma taça no saibro europeu. Cabeça de chave 1 no ATP 250 de Lyon, ele não teve moleza para conquistar o título do torneio, e precisou buscar a virada na final deste sábado contra o francês Gilles Simon, gastando 2h25 para vencer com parciais de 3/6, 7/6 (7-1) e 6/1.

A campanha do atual número 8 do mundo na competição não foi fácil e ele precisou de três sets para superar não apenas Simon na decisão, mas também para passar pelas quartas e pela semi.

Esta foi a 10ª conquista de Thiem na carreira, a nona sobre a terra batida e a segunda na atual temporada. O austríaco de 24 anos vai levar para casa uma premiação de 89.435 euros e mais 250 pontos no ranking, ao passo que Simon sairá com um cheque de 47.105 euros e 150 pontos no ranking da ATP.

Platini é inocentado de recebimento de proprina pela justiça suíça

Nesta sexta-feira, Michel Platini foi declarado inocente pelo Ministério Público da Suíça no caso da recebimento de propina, segundo informações publicadas pelo jornal francês Le Monde. O ex-presidente da Uefa era acusado de ter recebido um pagamento não declarado de 1,8 milhão de euros (cerca de 7,7 milhão de reais), por uma assessoria prestada a Joseph Blatter, ex-presidente da Fifa, em fevereiro de 2011.

Devido a acusação, o ex-jogador francês foi banido do futebol por quatro anos pelo Comitê de Ética de Fifa e ficará suspenso até outubro 2019. Com a decisão favorável, Platini espera “decência” do maior órgão do futebol mundial em relação a sua suspensão.

Ricciardo faz melhor volta da história de Mônaco e faz 2ª pole da carreira

O GP de Mônaco de 2018 tem apenas um nome até agora: Daniel Ricciardo. Após liderar os três primeiros treinos livres, ele dominou amplamente as três partes da classificação, com direito a quebra de recorde da pista, ao cravar 1min10s810 durante o Q3. Foi a segunda pole da carreira de Ricciardo, que havia conseguido o feito também em Mônaco em 2016.

Sebastian Vettel conseguiu desbancar Lewis Hamilton da segunda posição nos segundos finais da sessão e vai largar ao lado do australiano neste domingo. Além do atual campeão, a segunda fila contará com Kimi Raikkonen. Valtteri Bottas e Esteban Ocon formarão a terceira linha, seguido dos espanhóis Fernando Alonso e Carlos Sainz.

A classificação foi marcada pela ausência de Max Verstappen. O companheiro de Ricciardo bateu durante o TL3 e os mecânicos travaram uma corrida contra o tempo para colocar o holandês na pista.

Após 19 anos, irmãos Bryan se separam em um Slam

Pela primeira vez desde 1999 os irmãos Bob e Mike Bryan irão se separar em um Grand Slam. Eles não jogarão juntos em Roland Garros neste ano por causa de uma lesão no quadril de Bob, o canhoto da dupla. Isso vai interromper uma sequência de 76 aparições consecutivas dos gêmeos norte-americanos nos quatro principais torneios do circuito.

Bob não joga desde a final do Masters 1000 de Madri, quando a parceria teve que desistir antes mesmo de acabar o primeiro set, saindo da partida contra o croata Nikola Mektic e o austríaco Alexander Peya com 5/3 no placar. Ele tentou se recuperar a tempo para jogar no saibro parisiense, mas não teve sucesso e irá perder a competição.

Mike estará em ação no saibro parisiense e escolheu o compatriota Sam Querrey para substituir o irmão.

Ricciardo lidera TL3 em Mônaco por 0s001; Verstappen bate

A Red Bull mostrou que de fato chegará à classificação do GP de Mônaco de F1 como a grande força a ser batida. O time obteve mais uma dobradinha no terceiro treino livre do fim de semana, novamente com Daniel Ricciardo na ponta, mas sofreu um contratempo indesejado com um acidente de Max Verstappen nos instantes finais. 

O holandês ditava o ritmo do treino, com 1min11s787. Porém, a apenas oito minutos para o fim, o piloto do carro #33 atingiu a barreira de proteção interna da entrada da chicane da Piscina, quebrou a suspensão e, com o dano, não pôde evitar um novo impacto na saída do complexo, com mais força.

LeBron faz de tudo, Cavs vencem e levam decisão contra os Celtics para o jogo 7

LeBron James não está disposto a facilitar o fim de sua hegemonia na Conferência Leste da NBA, a liga americana de basquete. Não importa o quanto se mexeu no elenco do Cleveland Cavaliers durante a temporada ou o fato de perder Kevin Love, com suspeita de concussão, depois de apenas cinco minutos de jogo.

Nem mesmo um jogador do tamanho de Larry Nance Jr. cair sobre a sua perna e silenciar o ginásio por alguns instantes. O Rei segue de pé. Nesta sexta-feira, ele carregou o time na vitória por 109 a 99 sobre o Boston Celtics, igualou a série e levou para o sétimo e último jogo, domingo, em Boston, a disputa da vaga na decisão da competição contra o vencedor do Oeste.

Foram 46 pontos de LeBron James, com cinco bolas de três convertidas em sete tentativas, duas delas cruciais para garantir a vitória. Ele ainda pegou 11 rebotes, três deles ofensivos, deu nove assistências, conseguiu três roubadas de bola e deu um toco sensacional em Terry Rozier, bem ao seu estilo para matar um contra-ataque. Tudo isso em 46 minutos de quadra. Para quem deu demonstrações de cansaço no jogo 5, a prova de que o Rei ainda tem gás foi dada pelo próprio.

Boston Celtics 3 x 3 Cleveland Cavaliers
Jogo 1 - 13/5 - Celtics 108 x 83 Cavaliers
Jogo 2 - 15/5 - Celtics 107 x 94 Cavaliers
Jogo 3 - 19/5 - Cavaliers 116 x 86 Celtics
Jogo 4 - 21/5 - Cavaliers 111 x 102 Celtics
Jogo 5 - 23/5 - Celtics 96 x 83 Cavaliers
Jogo 6 - 25/5 - Cavaliers 109 x 99 Celtics
Jogo 7 - 27/5 - Celtics x Cavaliers

sexta-feira, 25 de maio de 2018

Árbitro paralisa jogo para retirar quero-quero ferido e recebe aplausos na Ressacada

Uma cena chamou a atenção no duelo entre Avaí e Paysandu, na Ressacada, nesta sexta-feira, pela Série B. Um filhote do pássaro quero-quero foi atingido por uma bolada e precisou se retirado pelo árbitro Leandro Bizzio Marinho de campo. Visivemente debilitado, o bicho foi levado ao banco de reservas pelo massagista do Leão da Ilha. O twitter oficial do clube brincou com a situação.

Enquanto retirava o pássaro, os torcedores aplaudiram o gesto do árbitro em campo. Segundo a repórter Alessandra Flores, da NSC TV, o filhote sofreu um machucado na asa, mas logo depois de ser retirado, se recuperou e voltou a correr pelo campo.